Royal Cafe Convida: doismileoito

2008

Biografia Oficial da Banda:

“Os doismileoito são o Pedro, o André e o Nicolau.

O Pedro e o André conheciam-se da Escola Secundária da Maia mas não gostavam particularmente um do outro porque um andava de patins e o outro de skate.

O Pedro tinha uma banda de rap e o André tinha um banda de funk. Como o Nicolau é o mais novo, não andou na escola ao mesmo tempo que eles, por isso só o conheceram nas jam sessions de uma escola de música na Maia.

O André tinha uma cave com uma bateria, um teclado e alguns amplificadores, então começaram a juntar-se lá para tocar e construir canções e músicas.

Isto foi em 2005.

Entretanto deram alguns concertos, uns com muita gente a ver, outros quase vazios. Em Fevereiro de 2009 lançaram pela EMI Portugal o primeiro álbum, intitulado “doismileoito”.

Acordes com Arroz

Bem Melhor 12200074


O Royal Cafe aproveitou a visita para lhes colocar as seguintes questões:

Como é que 3 “maiatos” formam uma banda em 2005 e no ano seguinte estão a tocar no palco principal do Sudoeste?
Estávamos com preguiça de andar por aí desgraçados em concursos de bandas pequenos e bares vazios, então, para cortar caminho e poupar tempo, decidimos concorrer ao concurso com o melhor prémio, o TMN Garage Sessions. E ganhámos. Um dos prémios era tocar no Sudoeste, foi assim que fomos lá parar.

A vossa música traz-me à cabeça elementos pop-rock ao estilo de Beach Boys e intermitências entre a simplicidade de Devotchka e a irreverência do grunge de Seattle. São essas as vossas principais influências? Se não, quais são elas?
Os três gostamos muito de Nirvana. Só conhecemos os Beach Boys há pouco tempo – ficámos surpreendidos. E de Devotchka, quase nada, só aquela banda sonora. O Pedro gosta de Michael Jackson, o André gosta de Beethoven e o Nicolau gosta de Tom Waits. No início da banda achávamos piada a cada um ter gostos tão diferentes. Hoje em dia trocamos mais música e acabamos por ter gostos comuns, ainda que por motivos diferentes. Estamos a aproximar-nos. Nos últimos tempos temos ouvido muito Bon Iver.

Tenho de assinalar a opção de cantarem em português. Numa altura em que tudo está tão globalizado com ferramentas como o Myspace e a comunicação é tão universalmente dominada pela língua inlgesa, não sentem ser imperativo cantar em inglês para atingir outros mercados?
Não. Isso é uma ilusão. Até pode ser um vantagem cantar em português porque é mais fácil encontrar um lugar só nosso. Para quê competir com o mundo inteiro? E a língua pode valer pelo exotismo lá fora, como a Sara Tavares, ou pode não significar muito, como os Sigur Rós. A globalização não dá só predominância ao inglês, mas valoriza também as outras línguas do mundo. De qualquer maneira, cantamos em português por uma razão simples: somos portugueses. Conseguimos exprimir-nos de formas mais ricas e as pessoas entendem-nos mais facilmente. E Portugal é muito grande.

Como analisam o estado actual da música portuguesa? As jovens bandas estão a romper com os traços deixados por bandas mais antigas?
Está a diversificar. Cada vez há mais bandas boas ou com potencial para crescerem e com oportunidade de se promoverem através da internet. O facto de podermos monitorizar tudo o que está a acontecer dá vontade de diversificar ainda mais. O mais importante é haver coisas novas para ouvir. Às vezes parece que as pessoas gostam de bandas só porque não têm mais nada para gostar. Há aí bandas que têm muitas cartas para dar, como os peixe:avião e os João e a Sombra.

Para vocês, quais as principais vantagens de se viver em Portugal? E, enquanto artistas, o que mudariam no nosso país?
A principal vantagem é o clima, que acaba por moldar as coisas que envolve, transformando-as em coisas boas.
Enquanto doismileoito, o que podemos mudar é mostrar ou colocar a nossa música onde ela ainda não existe, seja na rádio ou no ipod de alguém. Se isso trará algo que nos permita mudar outras coisas no país…ainda não sabemos.

O que podemos esperar de vocês em doismilenove?
Muitos concertos. Muitos concertos. Muitos concertos.

Qual a sensação de pisar o palco do Royal Cafe? O que acham do conceito do blog?
Bem fixe. Só conhecemos com o teu convite. É um bom sítio para descobrir música nova. Antiga ou recente.

Website

Myspace

Blog

Antevendo imenso sucesso para este projecto, foi com grande honra que o Royal Cafe vos recebeu no nosso espaço. Voltem sempre! Obrigado!

Anúncios

One thought on “Royal Cafe Convida: doismileoito

  1. Têm também algumas pitadas de Ornatos Violeta. Muito bom.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: