March Music Madness: #12

1971, Ano Internacional de Acção para Combater o Racismo e a Discriminação Racial pelas Nações Unidas.

Washington estava a “ferro e fogo”, tamanha era a contestação pela presença Norte-Americana no Vietnam.

Foi também o ano dos nascimentos de Tupac Shakur e de Snoop Dogg, que se viriam a tornar em dois monstros do Hip Hop e vozes de um movimento global. Em contraponto, falecia Jim Morrison e o mundo do Rock n’ Roll chorava com tudo o que tinha.

Mudavam-se os tempos; o flower power perdia-se na alma e na utopia que criara.

Que a Motown se tornara a maior fábrica de hits musicais de sempre, já então todos o sabiam. Mas nem só de hits se faz a evolução e quando Marvin Gaye lançou o seu primeiro disco conceptual (décimo primeiro de uma carreira recheada de hits), “What’s Going On”, ninguém previra que seria dali que viria um dos mais influentes registos dos anos 70 a sair.

Kanye West? Frank Ocean? São do melhor que há e não duvido que Marvin Gaye iria ficar orgulhoso da música deles.

Mas pai só há um.

R&B? Soul? Funk?

É o que for.

Apenas sei que é bom como tudo.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: